Com a chegada da pandemia do coronavírus no Brasil, muitos de nós tivemos que ficar por um longo período de tempo sem poder sair de casa, viajar, ir para balada e afins… necessitando viver uma verdadeira quarentena que, em muitos casos, eram bem entediantes, principalmente, quando os decretos dos governadores e prefeitos de cada cidade e/ou município eram bem severos, diga-se de passagem.

Agora, com a chegada das vacinas (independente da marca), devemos seguir alguns protocolos sanitários para adentrar em países vizinhos ou, de fato, ir para o exterior.

O primeiro deles é estar com as duas (02) doses da vacina realizadas, isto é, o (a) interessado(a) em sair do País necessita estar imunizado(a). Assim como, em muitos casos, a depender do destino final, apresentar um teste de negatividade – o famoso RT-PCR algumas horas antes de embarcar.

Segundo: Muita cautela nas ações cotidianas. Embora o nível de vacinação por aqui esteja em estado acelerado e o número de óbitos caindo, frisamos que o uso da máscara de proteção segue sendo obrigatória e válida em ambientes públicos. É com ela (com a máscara) que evitamos a circulação do vírus para os demais. Por isso, ao sair de sua residência, lembre-se sempre de usá-la e de manter as mãos higienizadas com álcool em gel 70%

Terceiro: Muitos países já reabriram suas fronteiras e/ou acessos para os brasileiros. Entretanto, para cada caso, há uma regra imposta. Já falamos disso em outra postagem, clique aqui para saber mais.

Por fim, caso necessite de ajuda na realização da sua tão esperada viagem para o exterior, saiba que pode contar conosco. É só acessar sadoc.com.br e falar diretamente com um de nossos representantes.