Nesta postagem estamos colocando informações úteis sobre determinados países dos quais tiveram seus acessos aberto para os brasileiros durante a Pandemia. Confira as regras impostas por cada um!

Anguilla

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que apresentem uma permissão obtida no site oficial de turismo de Anguila, resultado negativo para um teste RT-PCR feito entre 2 a 5 dias antes da chegada e comprovante de vacinação completa há pelo menos 21 dias com Pfizer, AstraZeneca, Janssen ou Moderna (também são aceitas doses mistas com Pfizer, Astrazeneca e Moderna). Os menores de 18 anos e as gestantes não precisam apresentar o comprovante de vacinação. Todos os passageiros deverão pagar U$$ 50 para fazer outros dois testes RT-PCR na chegada ao país. Um é feito logo após o desembarque, sendo que os turistas devem permanecer no hotel enquanto aguardam o resultado, que geralmente fica pronto em 24 horas. Depois que tiverem teste negativado, ficam livres de circular na ilha. O outro exame é realizado no 4º dia de viagem.

Argentina

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que apresentem comprovante de vacinação completa há pelo menos 14 dias, resultado negativo para um RT-PCR feito no máximo em 72 horas antes do embarque e formulário de saúde preenchido 48 horas antes.

Aruba

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que apresentem seguro-viagem da ilha, formulário preenchido e resultado negativo para um teste RT-PCR feito entre 12 e 72 horas antes do embarque. Os protocolos valem para todos os maiores de 12 anos.

Bahamas

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que solicitem o Bahamas Travel Health Visa e apresentem resultado negativo para um teste RT-PCR feito no máximo cinco dias antes da chegada. Os viajantes que não foram totalmente vacinados com Pfizer, AstraZeneca, Janssen ou Moderna deverão realizar um novo teste no 5º dia de viagem, cujo preço já está incluído no pagamento do Bahamas Travel Health Visa.

Barbados

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que cumpram quarentena de 7 dias em uma acomodação designada pelo governo. Um teste RT-PCR será feito no oitavo dia e o isolamento será necessário até que o resultado negativo seja confirmado. Além disso, é necessário apresentar formulário de saúde preenchido na chegada e resultado negativo para um teste RT-PCR feito no máximo 72 horas antes do embarque. O aplicativo BIMSafe deve ser baixado e usado para rastreamento do viajante nos primeiros sete dias.

Belize

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que apresentem o QR Code gerado pelo aplicativo Belize Health Travel e reservem uma das acomodações aprovadas pelo governo. Os passageiros que já tiverem sido totalmente vacinados há pelo menos 14 dias
com Pfizer, AstraZeneca, Janssen, Moderna, Sinopharm ou Sinovac estão isentos de apresentar resultado negativo para a Covid-19. Caso contrário, é necessário um teste RTPCR realizado no máximo 96 horas antes do embarque ou um teste rápido de antígeno realizado no máximo 48 horas antes do embarque.

Bolívia

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que cumpram quarentena de 10 dias e apresentem formulário de saúde preenchido e resultado negativo para um teste RT-PCR realizado no máximo 72 horas antes do embarque. Todos deverão realizar um novo teste no 7º dia de viagem, às custas do próprio passageiro, e permanecer em isolamento até que o resultado negativo seja confirmado.

Canadá

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que apresentem comprovante de vacinação completa há pelo menos 14 dias com Pfizer, AstraZeneca, Janssen e Moderna e resultado negativo para um teste RT-PCR realizado no máximo 72 horas antes do
embarque. Além disso, todos os viajantes devem preencher um formulário através do aplicativo ArriveCAN até 72 horas antes da chegada ao Canadá.

Chile

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que apresentem seguro médico de no mínimo US$ 30 mil com cobertura para a Covid-19, resultado negativo para um teste RT-PCR realizado no máximo 72 horas antes do último embarque e uma “Declaração para Viajantes” preenchida também 72 horas antes. Também é preciso ter tomado a segunda dose ou a dose única da vacina contra a Covid-19 há pelo menos 14 dias para obter o “Passe de Mobilidade“. Serão aceitos os imunizantes da Pfizer, AstraZeneca, Moderna, Janssen, Sinopharm e Sinovac.

Nenhum desses documentos exclui a obrigatoriedade fazer um novo RT-PCR na chegada ao país e cumprir isolamento em hotel ou residência
até que o resultado negativo seja obtido (o que acontece em 24 a 48 horas), além de responder e-mails diários informando sua localização e estado de saúde.

Colômbia

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que apresentem um formulário de saúde preenchido na chegada à imigração.

Costa Rica

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que apresentem o QR Code gerado pelo Pase de Salud, que deve ser preenchido antes do embarque, e comprovante de seguro de viagem com cobertura para Covid-19.

Cuba

Brasileiros vacinados estão autorizados a entrar a partir de 7 de novembro desde que apresentem a Declaração de Saúde do Viajante preenchida e o passaporte sanitário ou certificado internacional de vacinação (todas as vacinas serão aceitas).
Os viajantes não vacinados também poderão entrar no país, mas ainda será cobrado o resultado de um teste RT-PCR realizado no máximo 72 horas antes da viagem. As crianças menores de 12 anos estão dispensadas dos requisitos mencionados.

Curaçao

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que apresentem o Digital Immigration Card e o Passenger Locator Card preenchidos pelo menos 48 horas antes do embarque e resultado negativo para um teste RT-PCR realizado no máximo 72 horas antes do embarque. Todos deverão realizar um teste de antígeno no 3º dia de viagem.

Equador

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que cumpram quarentena de 10 dias
e apresentem um formulário de saúde preenchido na imigração e resultado negativo para
um teste RT-PCR feito no máximo 72 horas antes da chegada. Os passageiros que já
tiverem sido totalmente vacinados com Pfizer, AstraZeneca ou Sinovac estão isentos de
apresentar resultado negativo para a Covid-19.

Estados Unidos

Brasileiros estão autorizados a entrar no país a partir de novembro desde que
apresentem comprovante de vacinação completa com Pfizer, Astrazeneca, Moderna,
Janssen, Sinopharm e Sinovac (incluindo Coronavac) e resultado negativo para um teste
de Covid-19 realizado no máximo três dias antes do embarque. Também serão aceitas as
pessoas que tomaram combinação de vacinas diferentes

Guatemala

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que não tenham passado os últimos
14 dias no Brasil, África do Sul ou Reino Unido e apresentem formulário preenchido e
resultado negativo para um teste RT-PCR feito no máximo 72 horas antes da chegada. Os
viajantes que já tiverem sido vacinados com AstraZeneca ou Moderna estão isentos de
apresentar resultado negativo para a Covid-19. Todos os passageiros estão sujeitos a
cumprir quarentena de 10 dias às próprias custas.

Jamaica

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde preencham uma autorização de
viagem e apresentem resultado negativo para um teste RT-PCR ou de antígeno feito no
máximo 72 horas antes do embarque. Todos os passageiros estão sujeitos a passar por
um exame médico e cumprir uma quarentena de 14 dias na chegada.

* Para acessar a lista por completo, clique aqui