PERDI MEUS DOCUMENTOS NO EXTERIOR, O QUE FAÇO AGORA?

 

Perdeu seus documentos no exterior? :/

Bom, queria muito dizer que é muito prático reverter isso, porém infelizmente existe uma chatice burocrática em relação a isso, e definitivamente não é algo que você queira que aconteça pode apostar!

 

Vou te mostrar neste artigo o porquê de perder seus documentos no exterior não é uma tarefa fácil. Vamos lá, leia até o final e entenda o motivo. 🙂

Sem dúvidas perder os documentos é digno de dor de cabeça sim, pois além de pagar uma taxa pela emissão dos novos será preciso fazer um boletim de ocorrência, esperar um tempo até receber tudo e torcer para que os seus dados pessoais não caiam em mãos erradas. Agora, se você acha que é difícil fazer todo esse processo no Brasil, imaginem então perder seus documentos no exterior?

 

Claro que ninguém pensa nessa possibilidade de perder os documentos no exterior durante a sua viagem a passeio ou até mesmo a permanência no trabalho. Caso aconteça com você , aconselho a manter-se calmo e seja racional, assim você estará resolvendo o seu problema o mais rápido possível.

 

Vou citar  algumas recomendações abaixo para você seguir, caso aconteça esse imprevisto.

 

  O QUE FAÇO NO CASO DE PERDER PASSAPORTE NO EXTERIOR?

O portal consular recomenda manter uma cópia do seu passaporte, além claro de uma cópia autenticada do documento de identidade e certidão de nascimento, no cofre do hotel. Isso sem dúvidas tornará o processo de obtenção de uma nova documentação do seu passaporte mais fácil.

 

1 – O PRIMEIRO PASSO: VÁ A UMA DELEGACIA MAIS PRÓXIMA.

Ao constatar a perda, roubo ou até mesmo o extravio dos seus documentos, o primeiro passo é ir até uma delegacia mais próxima do local e fazer a denúncia.

 

2 –  CONTATAR  A REPARTIÇÃO CONSULAR BRASILEIRA.

O boletim de ocorrência será feito para que em seguida a Repartição Consular Brasileira ( embaixada ou consulado) mais próxima seja contactado.  Afinal é ela quem vai dar entrada em um novo documento.

 

3 – OS DOCUMENTOS SOLICITADOS.

Eles costumam ser sempre boletim de ocorrência e originais e cópias do documento de identidade, certidão de nascimento, título de eleitor e cópia autenticada das primeiras páginas do passaporte, isso sem dúvidas você terá que providenciar antes mesmo da viagem , no caso de perder passaporte no exterior.

 

4 – QUANTO CUSTA A EMISSÃO DE UM NOVO PASSAPORTE NO EXTERIOR?

O passaporte nacional, possui a validação de 10 anos e a emissão do novo documento custa em torno de R $257.25, para menores de 18 anos o custo da emissão de um novo documento de viagem é proporcional à validade do passaporte.

 

5 – A PERDA DO PASSAPORTE NO EXTERIOR NÃO CONFIGURA UMA EMERGÊNCIA.

Conforme o portal consular, a perda do passaporte no exterior não permite a emissão de um novo passaporte de emergência, por este motivo o passaporte não é emitido mais rapidamente do que uma solicitação de emissão de passaporte no exterior convencional.

 

6 – ONDE DEVO ME DIRIGIR SE PERDER O MEU PASSAPORTE NO EXTERIOR?

Compareça a delegacia mais próxima do local , é necessário acionar a Repartição Consular Brasileira mais próxima.

 

7 – SE DIRECIONE AO CONSULADO MAIS PRÓXIMO.

Caso esteja em uma cidade sem representação brasileira é necessário que viaje até o consulado mais próximo, o que poderá aumentar a demora na emissão do novo passaporte, principalmente porque aos fins de semana e feriados os órgãos consulares são fechados.

 

8 – LEVE TODOS OS SEUS DOCUMENTOS PREENCHIDOS.

Após preencher os dados de solicitação de um novo passaporte e impressão assinados, o RER (recibo de entrega de recebimento) é preciso levá-lo junto com os documentos originais ao consulado brasileiro a qual a sua solicitação estará sendo processada.

 

9 – SAIBA A ROTINA DO CONSULADO.

O agente consular indicará o pagamento a ser efetuado, cada partição possui sua própria rotina de trabalho, portanto vale consultar o consulado brasileiro onde a solicitação será processada , para que saiba os detalhes do pagamento e dos serviços oferecidos.

 

10 – A VOLTA AO BRASIL SERÁ POSSÍVEL SEM O PASSAPORTE?

A resposta é SIM, caso ocorra a perda no exterior ou documentos extraviados ou roubados, poucos dias antes do retorno ao Brasil, o setor Consular poderá emitir a ARB ( autorização de retorno ao Brasil).

 

11 – AUTORIZAÇÃO DE RETORNO AO BRASIL – ARB.

Esse documento é gratuito e só é necessário apresentar o boletim de ocorrência e qualquer documento comprobatório da nacionalidade brasileira.

 

12 –APRESENTAR DUAS TESTEMUNHAS.

Caso não tenha o documento que comprove a sua nacionalidade, o solicitante poderá apresentar duas testemunhas que atestem, em último caso, ele poderá assinar uma declaração comprovando a  sua identidade e nacionalidade, mas estará sujeito às penas da lei caso minta ou  informações falsas.

 

13 – CADA PAÍS DECIDIRÁ COMO PROCEDER.

Cada país possui a autonomia de como proceder caso o turista apresente a cópia do passaporte no lugar da original, mas por exemplo na Alemanha e Espanha o viajante deve portar os originais. 

 

Por isso, entre em contato com a embaixada antes de sua viagem para que não corra riscos durante o passeio. 

Se você pretende viajar para o exterior, consulte-nos: A SADOC CORRETORA DE CÂMBIO, possui todos os produtos a qual você estará  precisando para que viaje com tranquilidade.

 

CLICA AQUI e saiba mais com um dos nossos especialistas! 😉