Olá seguidores, hoje iremos tirar suas dúvidas sobre câmbio

Como é de conhecimento de todos, sabemos que nosso mercado financeiro tende a “flutuar” bastante, seja de maneira positiva ou negativa. Portanto, manter guardado alguma cédula estrangeira (em particular, o dólar) torna-se uma proteção pessoal para todos os fins, principalmente em tempos de crise.

Vale salientar que entender o significado de câmbio é crucial para a nossa educação tanto previdenciária quanto financeira. Ademais, bons resultados costumam ser gerados quando já temos uma carteira de investimentos em andamento sendo usado/gerado.

Em termos gerais, câmbio é sinônimo de troca. Essa terminologia se aplica em diversos países quando almejamos realizar uma mudança de moeda (real (BRA) – dólar americano (EUA), por exemplo).

E onde fazer essa operação?

A operação normalmente se aplica em uma agência, corretora ou casa de câmbio. Em todos os tipos, trata-se do local correto, ou seja, da instituição financeira autorizada a fazer as variações monetárias. No caso da SADOC, nós já estamos desde 1991 atuando em Fortaleza.

As principais operações de câmbio

As principais operações de câmbio são aquelas voltadas ao turismo, à importação e exportação, e às remessas pessoais.

Mas é claro que existem também aquelas relacionadas ao investimento de pessoas físicas e jurídicas.

Câmbio como forma de investimento

Não importa se você é uma pessoa física e/ou jurídica. Realizar negócios cambiais muitas vezes é visto, respeitado e enxergado como um método de investimento. Esse grupo é daqueles que estão sempre atentos as bolsas de valores, justamente acompanhando as taxas ao decorrer dos dias. O objetivo final? Lucrar!

E aí? Gostou? Nós da SADOC esperamos ter lhe ajudado. Em caso de dúvidas, fale conosco pelos nossos canais oficiais de atendimento.