Ao investir diretamente na bolsa americana, o investidor tem um número de opções de ativos muito grande e pode se beneficiar também da valorização dos papéis, além de ter o cofre em dólar.

A maior parte das pessoas físicas buscam grandes nomes da bolsa dos EUA, como Google, Amazon e Netflix, mas temos visto uma demanda por ETFs de índices, de ouro, de petróleo e de renda fixa de dívida do governo americano.

Claro, quem quiser um investimento direto lá fora, precisa estar ciente que terá que declarar no Imposto de Renda do Brasil e ainda pagar os impostos por lá, um sistema que é diferente do brasileiro.

Vale ressaltar ainda que, ao enviar o dinheiro para sua corretora de investimentos americana , o investidor está sujeito, claro, á cotação do câmbio no momento da transferência.

Na SADOC Corretora de Câmbio, nossos clientes e investidores internacionais, conseguem os menores spreads cambiais do Brasil: 0.30% – 0.99%.

Consulte nossos especialistas em câmbio e invista já no exterior, usando o câmbio da SADOC.